Agora, ao visitar a página de Configuração do AdSense, você verá a opção "AdSense para Feeds". Isso significa que você já pode colocar anúncios em seus feeds RSS, aumentando o alcance de seu conteúdo e também a monetização dele. Os anunciantes poderão exibir anúncios tanto de CPM (custo por mil impressões) como de CPC (custo por clique). 

Nesse momento você pode estar pensando: "uau! demais!" ou "hum... o que é um feed?". Para quem está na segunda categoria, o feed é um recurso que permite que seu conteúdo seja distribuído e assinado (como numa assinatura de revista) na internet. Você pode escolher como quer que ele seja visualizado: só o título, um trecho ou o artigo completo. Você pode conhecer mais sobre feeds na nossa Central de ajuda.

E se você ainda não está usando feeds, seguem algumas boas razões pra usá-los (e incluir o AdSense para Feeds!):
  • O CPM é mais alto e a experiência é muito positiva para usuários, porque exibimos anúncios especificamente otimizados para feeds.
  • Você vai ter estatísticas detalhadas de distribuição, público e muito mais pelo FeedBurner, usando o AdSense.
  • Gerencie a monetização dos seus feeds na mesma conta que você usa para gerenciar os outros aspectos do AdSense.

O AdSense para Feeds está disponível em todos os idiomas para o qual oferecemos o AdSense para conteúdo.

Para começar a usar o AdSense para Feeds já, faça login e visite a página Configuração do AdSense, ou inscreva-se no AdSense.