Para esta postagem da série "Segundas-feiras dos celulares", convidamos a Netbiscuits a apresentar práticas recomendadas e dicas para que você crie uma boa experiência no celular para seus usuários. A Netbiscuits é uma plataforma em nuvem líder do setor destinada ao desenvolvimento e ao fornecimento de aplicativos da web de última geração em todos os dispositivos móveis e plataformas conectadas. 

Cultivar uma experiência no celular focada no usuário não é apenas reduzir seu site existente para que ele caiba na tela de um celular. Em um único dia, um consumidor conectado interage com sua marca e consome seu conteúdo em smartphones, tablets, TVs inteligentes e consoles de jogos. Para atender às demandas dos consumidores por acesso instantâneo e otimizado, os profissionais de marketing devem criar “experiências conectadas” interessantes que respondam de maneira diferente para cada dispositivo, pois cada um deles apresenta tamanho, recursos e desafios de consumo de conteúdo exclusivos.

Ao solucionar esses desafios, os profissionais de marketing precisam se concentrar em um design com capacidade de resposta que leve em conta o mundo multiplataformas e permita uma experiência do usuário “focada no conteúdo” e otimizada para o dispositivo. O layout deve ser adequado ao tamanho e ao formato da tela do dispositivo, garantindo a adaptação da experiência à medida que novos dispositivos são introduzidos no mercado.  

Os dispositivos com tela sensível ao toque modernizaram a experiência digital do usuário ao proporcionar uma “experiência de resposta paralela” a sua solicitação, e não uma “experiência de resposta sequencial”, que ocorre em uma experiência do usuário de celular “apontar e clicar” tradicional. Criar uma experiência para celular “paralela” com muitos recursos habilitados para toque garante um fluxo mais natural de informações, o que aumenta drasticamente a eficiência do site. Por exemplo, em vez de reutilizar uma interface de website tradicional, muitos clientes de comércio para celular usam uma interface "arrastar e soltar" para colocar os itens em um carrinho de compras, o que aumentou muito as vendas em dispositivos com tela sensível ao toque.

Além do layout do design, o design com capacidade de resposta deve adaptar uma abordagem focada no conteúdo à experiência do usuário. Seus usuários devem visualizar conteúdo com base nos tópicos nos quais mostraram interesse, na hora do dia, previsão do tempo ou localização geográfica. Um sistema que lembre os itens de seu carrinho de compras tem sido um elemento essencial da experiência de comércio eletrônico coesa há algum tempo. No entanto, esse conceito pode ser expandido através da associação de uma variedade maior de conteúdo ao indivíduo. Isso resulta na veiculação de um artigo que já chamou a atenção do cliente no início do dia ou de informações sobre a previsão do tempo para uma próxima viagem. Para incentivar uma boa experiência do usuário, isso deve ser feito de forma simplificada e precisa, que mantenha a organização.

Um dos atributos mais desafiadores da adaptação para celular é a variação dos tamanhos de tela dos tablets e smartphones. No caso dos tablets, aconselhamos os clientes a utilizar um layout em camadas para criar e proporcionar uma experiência de “uma única página”. Ao incorporar ou dividir um vídeo ou uma galeria de fotos na parte superior de uma página, as ações e o envolvimento dos clientes ocorrem sem forçar o usuário a deixar a página.

Use o Google Analytics para veicular conteúdo apropriado e ser receptivo ao dispositivo do usuário. As informações obtidas do celular, incluindo modelos de dispositivos, resolução de tela, recursos do dispositivo, provedor de serviços e idioma preferencial do usuário não podem ser correspondidas por atividades de marketing tradicional. Em comparação com a localização geográfica, os profissionais de marketing experientes usam esses dados para definir ofertas de produtos e descontos por região.

Além de compreender esses pontos estratégicos, tenha em mente também estas práticas recomendadas simples:

  • O celular não é um canal. O celular é uma solução integrada em que atualizações de CMS (sistema de gerenciamento de conteúdo), CRM (gerenciamento de relacionamento com clientes) e comércio devem ocorrer ao mesmo tempo e nos mesmos sistemas que as atualizações do website tradicional. 
  • Pesquise. Envolva sua equipe, amigos e familiares para obter informações sobre como eles usam seus dispositivos móveis. Faça uma análise competitiva para saber como seus concorrentes ilustram e fornecem produtos e serviços. 
  • Crie seu site de modo a solucionar os principais problemas ou situações em que os clientes possam se envolver. Avalie quais recursos, tarefas ou elementos existentes do site se adaptam melhor ao celular e implemente-os.
  • Por fim, não crie uma simples cópia de seu website. Os consumidores querem e esperam uma experiência diferente no celular.


Postado por Craig Besnoy, diretor executivo da Netbiscuits para as Américas

Visite Netbiscuits.com para saber mais sobre a plataforma Netbiscuits.