Sabemos que muitos dos publicadores utilizam vários produtos Google regularmente, incluindo o AdSense e o DoubleClick for Publishers (DFP) Small Business. Uma das nossas principais prioridades é assegurar que cada interação com os nossos produtos seja uma experiência perfeita, que ajude a economizar tempo e a aumentar a eficácia. 
Para alinhar melhor a forma como registamos o desempenho em todos os produtos do editor e assegurar a exatidão, estamos atualizando a forma como alguns dados são apresentados nas contas do AdSense.
Como devem saber, os seus ganhos no final de cada mês refletem atualmente o montante ganho menos quaisquer deduções relativas a atividade inválida. Este passo é sempre considerado para assegurar que os anunciantes não são cobrados por tal atividade. Contudo, até agora, os cliques e as impressões associados a esta atividade continuavam a aparecer nos relatórios de desempenho do AdSense. A partir do dia 1 de maio, removeremos esses cliques e impressões associados para resolver esta discrepância e fornecer relatórios mais exatos. 
O que significa isto para a sua conta do AdSense? Em primeiro lugar, esta alteração não terá impacto nos seus ganhos de forma alguma. Na maioria dos casos, remover a atividade inválida dos relatórios significa que poderá ter uma ligeira diminuição nos cliques e nas impressões, o que causa um ligeiro aumento no CPC e na RPM. Os cliques e as impressões que deixaremos de apresentar nos relatórios incluem atividade, como cliques acidentais. Assim, as métricas como a sua CTR (taxa de cliques) refletirão o desempenho do seu site com maior exatidão. Pode também verificar uma diferença mais evidente nos relatórios do AdSense ao compará-los com as suas estatísticas da conta avaliadas através de outras ferramentas. Tenha em atenção que esta alteração também não afetará a forma como verificamos a presença de atividade inválida.
Como lembrete, recomendamos que se mantenha atualizado(a) sobre formas de proteger o seu Website de tal atividade; temos muitos recursos no Centro de Ajuda acerca deste tópico. Por fim, tenha em atenção que os relatórios de datas anteriores a 1 de maio não serão afetados.
  
Publicado por Matt Goodridge - Gestor de Produto do AdSense