Quer personalizar os e-mails que você recebe do AdSense? Você já pode atualizar suas preferências e escolher quais tipos de mensagem deseja receber. Basta fazer login e ir à seção "Preferências de idioma e contato", dentro da guia "Minha conta".

Preparando o AdMob para a Segunda Geração de Aplicativos com Novos Recursos: Hoje, Direto do GDC, em livestream

terça-feira, março 18, 2014 | 18:17:00

Segundo Gartner, mais de 130 bilhões de aplicativos serão baixados para celulares e tablets em 2014, sendo a maioria deles, aplicativos gratuitos. Ao mesmo tempo, espera-se que a receita vinda dos aplicativos tenha crescimento superior a 200% nos próximos quatro anos. Embora isso pareça contraditório, já há algum tempo o motivo é bem evidente para a maioria dos programadores: enquanto a primeira geração dessa economia concentrava-se predominantemente em aplicativos tipo “pague agora e receba depois”, vemos agora o surgimento de uma segunda geração econômica de aplicativos, ou seja, a chamada era dos free apps (ou aplicativos gratuitos) e pagamentos incrementais.
Nesta segunda geração econômica de aplicativos, o índice de sucesso foi significativamente alterado, com base em três áreas críticas:
     Público Receptivo: Os desenvolvedores podem dividir seu público com base no comportamento in-app (através de aplicativos) e transformar dados em informações úteis para uma melhor monetização.
     Crescimento da Receita sobre Compras In-app: De acordo com Gartner, em breve as compras através de aplicativos serão responsáveis por quase metade de todas as receitas das app stores. Mas esse modelo exige uma abordagem sofisticada por parte dos desenvolvedores de aplicativos, e as ferramentas adequadas ainda não estão disponíveis.
     Maximização da Receita Publicitária: Os desenvolvedores não precisam se preocupar com o gerenciamento de anúncios, já que os mesmos deverão se autossuficientes em tempo real, deixando os desenvolvedores livres para se dedicarem às outras partes importantes de seu negócio.
Com o intuito de ajudar cada desenvolvedor a ser bem-sucedido nesta nova economia, a equipe do AdMob estará hoje na Game Developers Conference para fazer quatro anúncios.
1. Google Analytics Agora Disponível Diretamente no AdMob.
Apresentamos o mobile app analytics (análise de aplicativos móveis) em meados de 2012, e hoje, centenas de milhares de desenvolvedores já o utilizam. Agora colocamos o Google Analytics diretamente no AdMob, de forma que os desenvolvedores podem entender como o público utiliza seus aplicativos; dividi-los em grupos, com base no comportamento de apenas alguns cliques e assim, trabalhar sobre essas informações. Por exemplo, o relatório de comércio eletrônico do Google Analytics mostra informações importantes sobre compras através de aplicativos: principais itens vendidos, receita total e valor médio de pedidos. Agora, com o Google Analytics inserido diretamente no AdMob, os desenvolvedores podem ter uma visão holística de sua monetização, baseados não apenas em receitas publicitárias, mas também no desempenho das compras através de aplicativos. Todas essas funcionalidades foram incorporadas na guia atualizada Home do AdMob, tornando-o um balcão único para todos os relatórios de desempenho.
2. Anúncios para Compras In-App.
A fim de ajudar os desenvolvedores a promover compras in-app para os usuários certos, estamos introduzindo também anúncios para compras in-app. Um desenvolvedor poderá agora fomentar, no momento certo, compras in-app para os usuários mais propensos a fazer um pedido, e ao mesmo tempo continuar divulgando seus anúncios AdMob para aqueles menos propensos a realizar uma compra. Ferramentas de seleção permitem aos desenvolvedores encontrar rapidamente esses usuários, e assim utilizar esses anúncios com o intuito de criar outros anúncios relevantes e intersticiais para alcançá-los. Por exemplo, um desenvolvedor pode descobrir qual dos seus usuários começou a utilizar seu game nas últimas 48 horas e oferecer a ele um desconto de 50% em um “pacote de boas-vindas”, contendo um bônus com vidas adicionais. Isso criaria uma experiência mais personalizada para o usuário, aumentando assim a sua fidelidade. O desenvolvedor poderá também decidir em que parte do seu aplicativo irá veicular os anúncios intersticiais, os quais serão apresentados tanto no modo retrato quanto no modo paisagem.

                                                      

3. Otimização da Rede Publicitária e Live CPM.
Se um desenvolvedor está usando mais do que uma rede publicitária para lucrar com seus aplicativos, uma ferramenta de medição o ajuda a gerenciá-los. Essas ferramentas, no entanto, podem não enfatizar a maior receita. Para resolver o problema, a Otimização da Rede Publicitária obtém os mais atualizados CPMs nesse tipo de rede no pacote de mediação AdMob, e solicita os anúncios a partir do mais lucrativo.
O Live CPM dá um passo à frente para garantir aos desenvolvedores a obtenção do maior lucro possível com seus anúncios impressos. Quando um desenvolvedor utiliza o AdMob com o intuito de monetizar, ele também tem acesso em tempo real a todas as fontes de demanda do Google, incluindo demandas programáticas através de nossa integração com o DoubleClick Ad Exchange. Para cada solicitação de anúncio, o Live CPM compara o CPM mais elevado que um desenvolvedor pode obter a partir das fontes de demanda do Google com o CPM. Através do CPM, é possível ao desenvolvedor obter o mesmo a partir de outras redes em seu pacote de mediação.  Se um anúncio altamente lucrativo estiver disponível através das fontes de demanda do Google, ele ajudará os anúncios sobre CPMs de lucros mais baixos oferecidos pelas outras redes.
4. O Kit Desenvolvedor de Aplicativos para Empresas.
O Kit Desenvolvedor de Aplicativos para Empresas é um website bastante elaborado para que os desenvolvedores de aplicativos encontrem formas de criar aplicativos bem-sucedidos para empresas. Como exemplo, podem ser encontradas seções detalhadas sobre como desenvolver um aplicativo, diferentes formas de obter lucro, além de ideias para comercializar seu aplicativo. É possível também assistir a entrevistas com outros desenvolvedores, ler estudos de casos e visualizar informações de mercado a partir de pesquisas feitas pela AdMob; o que oferece ao desenvolvedor a vantagem para criar aplicativos voltados a usuários globais. Por exemplo, você sabia que um terço dos usuários de smartphones na China comprou aplicativos para personalizar seus avatares em games?
Sintonize o Google’s GDC livestream, hoje às 10 horas da manhã (PST). Teremos sessões para desenvolvedores de games no decorrer do dia e a apresentação do AdMob a partir das 12:00h e 12.30h (PST).
Enviado por Jonathan Alferness, Diretor de Gerenciamento de produtos, Google




Perguntas frequentes sobre o Google Analytics [6 de 6]

quarta-feira, março 12, 2014 | 17:45:00

Nas últimas cinco semanas, em nossa série sobre o Google Analytics, você aprendeu como esta ferramenta pode ajudar você a melhorar o seu negócio, otimizar sua presença para celulares, aumentar a fidelidade de seus usuário e melhorar em geral a sua experiência do usuário. Nós também recolhemos todas as suas dúvida para criar um vídeo cobrindo as perguntas mais frequentes.
 



O vídeo começa com explorando como você pode integrar sua conta do AdSense com Analytics. Continua com dados que vão ajudá-lo a otimizar o conteúdo, identificar por meio de relatórios como melhorar a experiência do usuário e, por último, aumentar sua receita. Não se esqueça de verificar nossos recursos de ajuda para mais informações sobre cada um dos temas abordados neste vídeo :

Como faço para vincular minha conta do AdSense com Analytics?
Que novos dados que eu posso ver, vinculando minha conta do AdSense ao Google Analytics ?
Como faço para usar o Google Analytics para melhorar o meu desempenho no AdSense ?
Por que pode haver discrepâncias entre o meu AdSense e dados do Google Analytics ?
Quais são os dados demográficos e interesses relatórios no Google Analytics?
Como posso compartilhar dados com um especialista conta para obter dicas de otimização ?

Aprenda ainda mais como o Google Analytics pode ajudar a melhorar o desempenho de sua conta AdSense, assistindo a esta lista de reprodução no YouTube composta de pequenos tutoriais.

Esperamos que você tenha achado a série útil para o desenvolvimento de seu negócio. Muito obrigado por todos os seus comentários e perguntas ao longo das últimas cinco semanas.

Postado por Cemal Buyukgokcesu - Especialista Google Analytics

Aumente as conversões com as informações do Google Analytics [5 de 6]

quarta-feira, março 05, 2014 | 21:18:00

Bem-vindo à penultima semana da série sobre o Google Analytics no blog. Hoje vamos mostrar formas de aumentar as conversões de seu site usando relatórios específicos do Google Analytics. Se você for um editor de e-commerce, saber exatamente o que gera conversões em seu site é fundamental para entender fatores importantes, como a intenção do visitante e onde você deve investir em publicidade. Os relatórios a seguir ajudam você a saber como calcular o valor da página, acompanhar conversões e conseguir informações sobre a intenção dos visitantes.


1. Calcule os valores das páginas para saber quais páginas geram conversões e receita


O valor da página é um número único que pode ajudar você a entender melhor quais páginas em seu site geram conversões e receita. As páginas com alto valor de página são mais influentes que páginas com baixo valor de página. Por exemplo, os editores de e-commerce geralmente percebem que as páginas mais valiosas em seus sites são as páginas de checkout. Isso faz sentido porque todos precisam ver as páginas de checkout antes de fazer uma conversão. Observe as páginas que recebem muito tráfego (exibições de página), mas têm um baixo valor de página. Por que essas páginas não ajudam a gerar conversões? Elas deveriam? Para responder a algumas dessas perguntas, comece analisando a coluna "Valor da página" em "Conteúdo do site" > "Relatório de todas as páginas".


2. Use o Relatório de funis multicanais para acompanhar melhor as conversões


Os funis multicanais no Google Analytics permitem que você observe as interações em mídias digitais diferentes e mostram como esses canais funcionam juntos para criar vendas e conversões. Eles também ajudam você a tomar decisões de marketing importantes sobre investimentos em publicidade no nível macro (por exemplo, em quais canais) e no nível micro (por exemplo, em quais palavras-chave e canais de anúncios). Seus Relatórios de funis multicanais estão disponíveis na seção "Conversões" no Google Analytics.


3. Use o Relatório de pesquisa no site para ver informações sobre a intenção dos visitantes


Os Relatórios de pesquisa no site do Google Analytics fornecem dados completos sobre como as pessoas usam o mecanismo de pesquisa em seu site. Com esse relatório, você pode ver as pesquisas iniciais, refinamentos, tendências de pesquisas, a página em que a pesquisa ocorreu, a página acessada após a pesquisa e a correlação com conversões. Acompanhar como as pessoas usam a caixa de pesquisa em seu site pode fornecer informações importantes sobre a intenção dos visitantes. Seus Relatórios de pesquisa no site estão disponíveis na seção "Comportamento" no Google Analytics. Se você ainda não usa uma caixa de pesquisa em seu site, confira o mecanismo de pesquisa personalizado do Google.


Para ajudar você a entender os valores de páginas e as conversões, criamos um painel personalizado de avaliação de conteúdo disponível para download. Depois de fazer o download, basta selecionar o perfil que você deseja importar. Você pode acessar esse painel a qualquer momento na guia "Personalização".

Agradecemos sua participação nessas últimas cinco semanas. Esperamos que tenha tido a oportunidade de testar os relatórios recomendados e os painéis personalizados durante a série de blog posts. Continue deixando as suas dúvidas neste formulário que as responderemos na próxima quarta-feira, dia 12 de março, em um hangout on air.


Publicado por: Cemal Buyukgokcesu, especialista do Google Analytics


Informações adicionais:

Melhore a experiência do usuário com o insights do Google Analytics [4 de 6]

quarta-feira, fevereiro 26, 2014 | 16:36:00

Bem-vindo novamente à quarta semana de nossa série sobre o Google Analytics no blog. Hoje falaremos sobre como melhorar a experiência do usuário com o Google Analytics. O Google Analytics oferece as informações para você compreender a experiência atual do usuário e a forma com que o tráfego para seu site é influenciado pelas mídias sociais. Os relatórios a seguir ajudam você a entender o motivo pelo qual a velocidade do site é importante para uma melhor experiência do usuário. Além disso, com eles é possível identificar as páginas que geram mais receita com o Google AdSense e refinar sua estratégia de mídias sociais por meio da avaliação do impacto que elas têm nas metas de seu site.


1. Melhore a experiência do usuário aumentando a velocidade do site
Páginas mais rápidas resultam em uma experiência melhor para o usuário e mais conversões. Os Relatórios de velocidade do site no Google Analytics oferecem dados detalhados sobre a velocidade das páginas de seu site, conforme a experiência de seus usuários. Garantir que as velocidades de carregamento estejam abaixo da média pode ajudar você a diferenciar seu site. Analise e aumente a velocidade de seu site usando os produtos do PageSpeed e confira as melhorias geradas nos Relatórios de velocidade do site.



2. Use o Relatórios das páginas do Google AdSense para saber quais páginas geraram mais receita
O Relatório das páginas do Google AdSense fornece dados sobre quais páginas em seu site geram mais receita com o Google AdSense. Com as informações desses dados, você pode replicar implementações bem-sucedidas em páginas de bom desempenho e, também, em outras partes de seu site.


3. Use o Relatório de origens de tráfego de redes sociais para refinar sua estratégia de mídia social
O uso de redes sociais é muito importante para muitos editores desenvolverem seus públicos e reterem a lealdade e o engajamento. Os Relatórios de redes sociais no Google Analytics ajudam você a avaliar o impacto que as mídias sociais têm nas metas e conversões de sua empresa. Com esse relatório, você pode acompanhar o número de visitantes que os canais de mídia social oferecem a seu site, avaliar o valor desses canais com o acompanhamento de conversões e da receita do Google AdSense e examinar como seu conteúdo está sendo compartilhado nas redes sociais. Você pode acessar os Relatórios de redes sociais na seção "Aquisição" no Google Analytics.


Para ajudar você a saber mais sobre a experiência do usuário em seu site, criamos um painel personalizado de redes sociais e um painel de velocidade do site disponíveis para download. Depois de fazer o download, basta selecionar o perfil que você deseja importar. Acesse esse painel a qualquer momento. Para isso, basta clicar em "Painéis", na guia "Relatórios" de sua conta do Google Analytics. Se você ainda não ativou a configuração de compartilhamento de dados com o especialista da conta e os e-mails de sugestão de ajuda personalizada e de desempenho em suas preferências de e-mail do Google AdSense, não se esqueça de fazê-lo para receber dicas de otimização personalizadas.

Se você tiver dúvidas sobre os tópicos que cobrimos neste post, compartilhe conosco ao preencher este formulário.
Acesse nosso blog na próxima quarta-feira para a última semana da série. Explicaremos mais sobre como o Google Analytics pode ajudar você a gerar conversões em seu site.

Publicado por: Cemal Buyukgokcesu, especialista do Google Analytics

Aumente a lealdade de seus usuários com o Google Analytics [3 de 6]

quarta-feira, fevereiro 19, 2014 | 17:11:00

Como mencionamos antes, é fundamental avaliar o engajamento de seus usuários e a forma com que eles interagem com seu site. As dicas a seguir ajudam você a usar o Google Analytics para visualizar as interações do usuário em seu site e a entender porque as métricas de lealdade e engajamento são importantes.


1. Use a Análise de Página para ver como os usuários interagem com seu site


A Análise de Página fornece dados de cliques em seu site. Ela é uma ferramenta altamente eficiente e oferece a você uma avaliação visual de como os usuários interagem com suas páginas da Web. Você pode responder a perguntas como "Meus usuários estão visualizando o conteúdo que quero que eles visualizem?" ou "Meus usuários estão encontrando o que procuram na página?". Esse recurso também ajuda você a determinar o melhor local para exibir seus blocos de anúncios. Você pode acessar a Análise de Página na seção "Comportamento" da guia "Relatórios".


2. Use Relatórios em tempo real para acompanhar as atividades dos usuários em tempo real


Os Relatórios em tempo real permitem que você monitore as atividades dos visitantes enquanto elas ocorrem em seu site. Eles ajudam você a entender como seus sistemas estão reagindo, por exemplo, quando você utiliza uma campanha de e-mail ou uma estratégia de marketing de caráter temporário. Os Relatórios em tempo real fornecem alertas com informações sobre atividades novas ou diferentes, como um aumento repentino no tráfego do site. Além disso, você pode usá-los para avaliar o impacto imediato das mídias sociais.


3. Aumente o engajamento e a lealdade em seu site

O Google Analytics fornece relatórios que ilustram os aspectos do engajamento e da lealdade do comportamento dos visitantes. O Relatório de frequência e tempo para retorno permite que você veja o nível de interesse dos usuários em seu site com base na frequência das visitas e no tempo transcorrido entre as visitas. Se os visitantes acessam o site uma vez, mas não retornam, você pode inferir que o conteúdo e o design do site não são atraentes o suficiente ou que a navegação nele é difícil. Alguns relatórios relevantes adicionais, como "Novos x antigos" e "Engajamento", estão disponíveis na seção "Público-alvo" da guia "Relatórios". Para informações mais detalhadas sobre como os visitantes do site interagem com cada página, sugerimos que você use o "método de acompanhamento de eventos" que o especialista do Google Analytics, Justin Cutroni, explica em seu blog para avaliar com precisão quais artigos são realmente lidos.


Criamos um painel personalizado de engajamento e monetização disponível para download. Depois de fazer o download, basta selecionar o perfil que você deseja importar. Acesse esse painel a qualquer momento. Para isso, basta clicar em "Painéis", na guia "Relatórios" de sua conta do Google Analytics. Lembrete: depois de vincular sua conta do Google AdSense ao Google Analytics, não se esqueça de ativar o compartilhamento de dados com o especialista da conta, além dos e-mails de sugestão de ajuda personalizada e de desempenho, em suas preferências de e-mail do Google AdSense.


Continue compartilhando conosco ao preencher este formulário suas dúvidas sobre o Google Analytics . Na próxima semana, continuaremos nossa série e explicaremos como melhorar a experiência do usuário com a ajuda do Google Analytics.


Publicado por: Cemal Buyukgokcesu, especialista do Google Analytics

Otimize sua presença em dispositivos móveis com o Google Analytics [2 de 6]

quarta-feira, fevereiro 12, 2014 | 15:34:00

Qual é o desempenho de seu site em diferentes dispositivos e plataformas? Com o rápido crescimento do uso de diversos dispositivos, entender como os usuários de dispositivos móveis acessam e interagem com as páginas de seu site está se tornando cada vez mais essencial. Por isso, confira as dicas a seguir para expandir sua presença nos dispositivos móveis com informações do Google Analytics.


1. Use o Aplicativo do Google Analytics para avaliar o valor completo de seu aplicativo
Os dispositivos móveis estão mudando a forma como as pessoas se comunicam, trabalham e se divertem. A maior parte da crescente adoção e inovação é impulsionada por aplicativos para dispositivos móveis. Com o Mobile App Analytics, você pode avaliar a jornada completa do usuário em seu aplicativo, desde a descoberta, o download até o engajamento e as compras no aplicativo. Esse recurso ajuda você a tomar decisões melhores e com base em dados quanto ao investimento em dispositivos móveis. Assista a este vídeo para mais detalhes sobre como gerar receita com seu aplicativo por meio da AdMob.


2. Certifique-se de que a experiência do usuário seja eficiente em dispositivos diferentes
Os Relatórios para celular do Google Analytics estão disponíveis na seção "Público-alvo" da guia "Relatórios". Eles mostram estatísticas por local. Assim, você entende as origens atuais do tráfego de dispositivos móveis e pode prever onde o tráfego aumentará. Com informações e métricas importantes, como os dispositivos que estão gerando tráfego para seu site, as taxas de rejeição e a duração das visitas, você pode desenvolver seu website para oferecer aos visitantes o que eles precisam nas telas menores de smartphones, além de tablets e computadores.



3. Considere estratégias diferentes para telas diferentes e defina metas para gerar receita com dispositivos móveis
Não há regras com relação às estratégias para dispositivos móveis, mas os sites para dispositivos móveis precisam de metas claramente definidas para alcançar o sucesso. Por exemplo, suas metas podem concentrar-se no engajamento e nas visitas. Se você tiver conteúdo específico de local, é recomendável incorporar elementos locais em suas ofertas para dispositivos móveis. As metas de seu site devem estar alinhadas às necessidades de seus usuários. Os relatórios para celular do Google Analytics separam os visitantes com base no uso ou não de dispositivos móveis para acessar seu site. Use essas informações para moldar sua estratégia para diferentes telas. Se você desejar exibir anúncios em um site para dispositivos móveis criado para usuários de dispositivos de última geração, use o AdSense para conteúdo para criar os blocos de anúncios.


Para ajudar você a otimizar sua presença nos dispositivos móveis, criamos um painel personalizado de métricas importantes para dispositivos móveis, disponível para download. Depois de fazer o download, basta selecionar o perfil que você deseja importar. Acesse esse painel a qualquer momento. Para isso, basta clicar em "Painéis", na guia "Relatórios" de sua conta do Google Analytics.

Se você tiver dúvidas sobre os tópicos que cobrimos neste post, compartilhe conosco ao preencher este formulárioNa próxima semana, continuaremos nossa série de postagens do blog e explicaremos como informações específicas do Google Analytics podem ajudar você a expandir a lealdade dos usuários em seu site.
.
Publicado por: Cemal Buyukgokcesu, especialista do Google Analytics

Expanda seus negócios com o Google Analytics [1 de 6]

quarta-feira, fevereiro 05, 2014 | 15:08:00

Um aspecto importante na expansão de seu site é compreender seus usuários e a interação deles em suas páginas. O Google Analytics é uma ferramenta eficiente que pode ajudar você a descobrir essas informações, pois oferece uma visão completa de seu público e as necessidades dele.

Para ajudar você a desenvolver um público leal e engajado, estamos lançando uma série de postagens no blog, todas as quartas-feiras, que ajudará editores do Google AdSense, como você, a extrair informações importantes dos relatórios do Google Analytics.


Esta semana, falaremos sobre como começar a usar o Google Analytics. Na segunda semana, compartilharemos dicas sobre como você pode saber mais sobre seus visitantes que usam dispositivos móveis. Depois, passaremos para tópicos mais avançados, como análise de engajamento e lealdade, para ajudar você a melhorar sua estratégia de conteúdo. Confira as etapas abaixo para começar.


1. Vincule suas contas do Google AdSense e do Google Analytics para ter informações mais completas
A primeira etapa é vincular sua conta do Google AdSense a uma conta do Google Analytics nova ou existente. Após a linkagem, você estará no caminho certo para acessar novas informações que podem ajudar a identificar oportunidades de monetização do seu conteúdo de forma mais eficiente. Lembre-se de que você só pode vincular uma conta do Google AdSense a uma conta do Google Analytics. Além disso, o login do Google AdSense precisa pertencer a um "administrador" da conta do Google Analytics.


2. Defina as metas de seu site e faça experiências para melhorá-las
Pense sobre o que você deseja que os usuários façam no seu site. Depois de identificar essas ações desejadas, você pode mapeá-las para ações de conversão e metas no Google Analytics a fim de acompanhar o desempenho do seu site. Uma meta pode ser uma visita a uma página específica do seu site ou uma ação específica concluída no site. Após definir suas metas, você pode usar Experiências para testar versões diferentes de sua página e analisar a eficiência delas para fazer os visitantes concluírem essas metas. Por exemplo, é possível definir o aumento de sua receita do Google AdSense como uma meta de experiência de conteúdo.



3. Crie painéis/relatórios personalizados para rápido acesso a informações
A próxima etapa é começar a acessar a grande variedade de informações que o Google Analytics oferece. Os painéis do Google Analytics fornecem uma visão geral do desempenho por meio de resumos de relatórios diferentes em uma única página. Os relatórios personalizados permitem que você costumize as dimensões (cidade e navegador, por exemplo) e métricas (visitas, exibições de página e taxa de rejeição, por exemplo) em um relatório para ver informações sobre as visitas e o comportamento de seus usuários. Para ajudar você a dar os primeiros passos com os dados do Google AdSense no Google Analytics, criamos este painel fácil de usar. Selecione um de seus perfis para importar. Assim, é possível ver e personalizar rapidamente os relatórios mais importantes para você. Acesse esse painel a qualquer momento. Para isso, basta clicar em "Painéis", na guia "Relatórios" de sua conta do Google Analytics. Você também pode acessar a galeria de soluções e fazer o download de painéis e relatórios personalizados prontos para uso e muito úteis para seu site. Como alternativa, você pode criar/editar seus próprios painéis e relatórios.


Depois de concluir essas três etapas, também recomendamos que você ative a configuração de compartilhamento de dados com o especialista da conta em suas preferências de e-mail do Google AdSense, além dos e-mails de ajuda personalizada e sugestões de desempenho, você poderá receber dicas de otimização personalizadas de nossos especialistas de marketing e vendas.

Se você tiver dúvidas sobre os tópicos que cobrimos neste post, compartilhe conosco ao preencher este formulário. No final desta série de posts sobre o Analytics, nos iremos gravar um vídeo (Hangout on Air) com pergunats e respostas mais frequentes e compartilhar aqui e no Google+ na página Google para seu Negócio no dia 12 de março.

Esperamos você aqui novamente na próxima quarta-feira, quando falaremos sobre como otimizar sua presença em dispositivos móveis com o Google Analytics.


Publicado por: Cemal Buyukgokcesu, especialista do Google Analytics